neuromarketing nos negócios

Neuromarketing aplicado aos negócios você usa?

1 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 1 Filament.io 1 Flares ×

Neuromarketing parece algo muito complicado, veja que não é tanto assim!

 

 

Neuromarketing é um campo do marketing que estuda a essência do comportamento do consumidor. É a união do marketing com a ciência, é considerado uma chave para o entendimento da lógica de consumo, que visa entender os desejos, impulsos e motivações das pessoas através do estudo das reações neurológicas a determinados estímulos externos.

As descobertas do Neuromarketing podem ser aplicadas em qualquer peça publicitária, seja em formatos digitais ou off-line, com o intuito de atrair a atenção da mente do consumidor.

 

O princípio do neuromarketing é o mesmo do marketing de conteúdo: divulgar conhecimento, algo que seja relevante ao consumidor, que traga uma boa experiência de consumo através da análise de seu comportamento.

O Neuromarketing trouxe descobertas fantásticas para o mundo da comunicação. Através de tecnologias avançadas, pode-se investigar o comportamento do consumidor, ao ver uma marca ou produto e analisar qual impacto esta mensagem gerou em seu inconsciente.

As ferramentas neurocientificas possibilitam uma nova compreensão, verdadeira e comprovada do comportamento do consumidor. Elas são capazes de, por exemplo, determinar se sua campanha vai gerar desejo, repulsa ou ainda aumentar a possibilidade da compra por impulso.

É possível descobrir de fato o que causa o sentimento negativo por um produto, imagem ou frase. Com estas respostas, a empresa conseguirá levantar quais são os assuntos que chamam a atenção de seus consumidores e quais não darão bons resultados.

Para quem ainda não sabe, o Neuromarketing começou a ser mais fortemente divulgado após um experimento feito com os refrigerantes Pepsi e Coca-Cola. Nele, primeiramente, as bebidas eram oferecidas às pessoas sem que estas soubessem a marca que estavam bebendo. Quando questionadas sobre qual marca era a melhor, metade dos entrevistados respondeu a que correspondia a Pepsi.

Os dados fornecidos pela ressonância magnética demonstraram que durante a degustação havia um estímulo na área do cérebro relacionada a recompensas. Mas quando as pessoas sabiam qual marca estavam bebendo, o número de pessoas que dizia que a Pepsi era a melhor caiu 25%. Os dados da ressonância demonstravam agora que eram as áreas relacionadas ao poder cognitivo e à memória que eram utilizadas.

Esse experimento demonstrou, portanto, que as pessoas, ao saberem qual marca bebiam, ainda que subconscientemente, pensavam na marca, bem como em suas lembranças relacionadas a elas, e não apenas no sabor. Mais ainda, o sentimento que relacionavam à marca era capaz de mudar a opinião dos entrevistados drasticamente.

Sem dúvidas esse é um campo a ser explorado exaustivamente, já falei sobre algumas técnicas de persuasão com palavras como imagens e cores, tudo isso é neuromarketing.

Se formos colocar tudo a respeito em um só artigo talvez ele virasse um livro.

Vou dar mais algumas dicas para você usar no seu blog, sua loja virtual ou até mesmo na sua loja física, pois hoje a concorrência e grande e temos que usar o conhecimento aliado a criatividade.

Gostamos de histórias:

Contar a história da sua trajetória da sua empresa ou produto ajuda a criar confiança. Quanto mais você envolver a pessoa mas fácil será torna-la um cliente.

Seja simples:

Vá direto ao ponto. Não fique criando mensagens muito complicadas e cheia de voltas. Quanto mais simples mais rápido será entendido o recado.

Imagens:

Usar imagens de pessoas chamam nossa atenção lembre-se de sempre usar imagens de alta definição e relacionado ao que você quer transmitir.

Melhores resultados são obtidos usando imagens à esquerda e texto a direita.

Se quiser saber mais a respeito de algumas técnicas leia os artigos do blog logo abaixo:

Palavras,o poder de aumentar a persuasão.

Como escrever conteúdo com três palavras de persuasão.

Usando as imagens certas.

 

Fontes de pesquisa:

Wikipédia: neuromarketing

Vitamina Publicitaria.

Ideia de marketing.

 

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos, comente e me diga o que você usa e que lhe dá bons resultados.

 

Post atualizado em 09/10/2017