comercio online to off line e seu crescimento

Comércio online to off line saiba o que é.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×

Você sabe o que é o comércio online to off line ou o mais conhecido o2o?

O comércio online to off line é uma estratégia de negócios que atrai potenciais clientes de canais online para lojas físicas. 

 

O comércio online to off line, ou O2O, identifica os clientes no espaço online, como por meio de e-mails e publicidade na internet através de redes sociais e, em seguida, usa uma variedade de ferramentas e abordagens para atrair o cliente a deixar o espaço virtual e vir para o espaço físico. 

 

Este tipo de estratégia incorpora técnicas utilizadas no marketing online com aqueles utilizados no marketing tradicional.

 

O varejista tem a preocupação de que não seria capaz de competir com empresas de comércio eletrônico que vendiam produtos online, especialmente em termos de preço e variedade. As lojas físicas exigiam altos custos fixos, e muitos empregados para administrar as lojas, e por causa do espaço limitado, não podiam oferecer uma seleção tão ampla de produtos. 

 

Os varejistas online poderiam oferecer uma vasta seleção sem ter que pagar por tantos funcionários, e apenas o acesso necessário às empresas de navegação para vender seus produtos.

 

Algumas empresas que têm uma presença online e uma presença off line (lojas físicas) tratam os dois canais diferentes como complementos, em vez de concorrentes. O objetivo do comércio online to off line é criar produtos e serviços de conscientização online, permitindo que os clientes potenciais pesquisem ofertas diferentes e, em seguida, visite a loja física para fazer uma compra.

 

As técnicas que as empresas de comércio online to offline podem empregar incluem a retirada em mãos na loja física de itens comprados on-line.

 

A ascensão do comércio online to off line não eliminou as vantagens que as empresas de comércio eletrônico têm. 

 

Mas a vantagem da empresa física e que ainda terá clientes que visitam as lojas, a fim de ver como um item se encaixa ao seu desejo para apenas depois fazer a compra online (referido como “showroom”). 

 

O objetivo, portanto, é atrair um certo tipo de cliente que está aberto a caminhar ou dirigir para uma loja local em vez de esperar por um pacote chegar pelos correios.

 

Hoje com cada vez mais pessoas acessando a internet, aqui no Brasil mais de 70% da população já tem acesso a internet móvel e a estimativa é que até o final do ano tenhamos a média de um celular por habitante.

 

Isso faz com que empresas de tecnologia ofereçam cada vez mais aplicativos móveis para essa finalidade, visto que as pessoas estão cada vez mais conectadas nos smartphones e não nos computadores de casa.

 

Veja essa matéria do programa pequenas empresas grandes negócios sobre o comércio online to off-line.

 

Os segmentos que o comércio online to off line estão aparecendo são os mais variados, mas com certeza você já deve ter tido contato com alguns deles como por exemplo marcar horário no salão de beleza para um corte de cabelo ou outro serviço através de um aplicativo que forneça esse tipo de comodidade, ou então os sistemas de delivery para pedir comida ou outro tipo de serviço rápido.

 

O fato é que se você tem algum tipo de empresa física e ainda não se atentou para isso é bom começar a pensar a ter um aplicativo móvel que faça boa parte do trabalho para você.

 

Isso se reflete claramente no aumento dos seus clientes pois traz a comodidade da compra virtual, mas sem ficar à espera do dia da entrega ou mesmo evitar de ficar fazendo ligações para pedir, marcar ou comprar algo sendo que pelos aplicativos o cliente já terá uma prévia do que está querendo e como maior liberdade de escolha.

 

Espero que esse artigo lhe seja útil e se gostou comente ou compartilhe com seus amigos.