Vendas veja essas dicas para aumentar as conversões.

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 LinkedIn 0 Filament.io 0 Flares ×
Não basta apenas colocar uma etiqueta com descontos

 

Bom hoje vou falar sobre preços de produtos, isto serve para quem já vende ,quer começar a vender ou tem algo que queria vender. São dicas que podem realmente fazer a diferença na hora de fechar uma venda.
Você já deve ter visto ou ouvido falar de algumas dessas dicas que vou mostrar agora  mas  vale a pena testar e ver os resultados tenho certeza que você sentirá sensíveis mudanças em suas vendas.
#vamos lá!


Quebre os preços em pedaços.
preços quebrados dão a impressão de serem muito mais baratos


A forma mais efetiva de influenciar uma pessoa a comprar um produto é quebrar o preço em pedaços  após anunciar o seu preço . Você pode usar o valor diário ou semanal  do seu produto.

Um exemplo vamos supor que você venda planos médicos no qual o plano básico custe R$200,00  por dia. Se você dividi-lo por semana o valor ficará  assim :
“  Planos a partir de 6,66 por dia! “

É muito mais efetivo do que anunciar o preço cheio. Tenho certeza que você já viu alguma empresa anunciando por aí: “Menos de 1 real por dia”.
Compare os preços .
importante comparar o seu preço com algum outro produto muito conhecido


Você na primeira dica quebrou o preço em pedaços. Agora compare o valor diário  com algo que faça sentido para seu público-alvo. Algo que seja  simples e fácil de entender.

Um exemplo: Vamos supor que você cobre algo em torno de 40 reais por mês por um serviço qualquer. Você pode fazer um anúncio assim:
“ Este é o nosso preço : menos de um cafezinho por dia”
Esta técnica é largamente usada para fazer preços parecerem bem menores.
Contraste.
diferença entre tamanhos em alguns casos dão muitos resultados

 

O contraste é uma poderosa arma de persuasão e influência.
Vamos supor que você seja um corretor de imóveis. Se você quer que uma casa pareça maior, coloque uma barraca ao lado dela e bata uma foto. Se você quer que ela pareça menor, compare-a com um castelo. Mostre uma imagem com estas comparações a seus potenciais clientes e você não precisará dizer mais nada.
O poder da comparação fará o trabalho!
O que você pode fazer para vender algo caro? Simplesmente, mencione um produto ainda mais caro e depois fale do seu preço. Por exemplo:
“Quanto você pagaria para uma consultoria de vendas para seu negócio? Eu não sei você sabe, mas os preços praticados estão girando em torno de R$10.000 a R$20.000 [mostrar provas]. E realmente acreditamos que o preço é justo, mas… nós temos o compromisso de transformar negócios e decidimos cobrar uma fração disso e ver sua empresa alcançando melhores resultados. Então, em vez de gastar 10 ou 20 mil reais, você irá investir apenas R$7.497, que seria o preço de 1 ou 2 viagens com sua família para qualquer lugar do Brasil.”
Note que R$7.497 é muito dinheiro, mas perto de R$10.000 ou R$20.000 ele “ficou pequeno”.
Se você tivesse dito apenas o valor real talvez a pessoa achasse muito caro. E seria mais uma objeção a quebrar.

Detalhe o produto.

Quanto mais detalhado seu produto  melhor

 

 Detalhar o produto (todas as características possíveis) irá ajudar ancorar seu preço.
Vamos supor que você venda um software qualquer. Em vez de um anuncio assim:
“  Software para arquitetos  por R$99,00 “
Você poderia fazer seu anuncio  assim:
“Software para arquitetos – Não é apenas um CD ou arquivo de instalação. É um produto de anos de pesquisa com os mais renomados arquitetos do país, incluindo 2 doutores, 1 engenheiro e 4 programadores da universidade X. São 38 meses de trabalho com vários especialistas trabalhando full-time para construir o melhor software para arquitetos da atualidade. É um investimento que ultrapassa os 2 milhões de reais condensados neste software que você compra por apenas R$199,00.”
Note que o software é o mesmo.
Mas na segunda descrição o preço foi elevado a R$199,00 e mesmo assim parece ser mais barato. Tudo por causa de um bom detalhamento do produto.

O poder do numero 7.

O numero sete hoje tem força igual ou maior que o 9 no final do preço

 

Por muitos anos temos visto grandes empresas anunciando preços quebrados.Elas evitam preços cheios porque eles realmente aparentam serem muito mais altos do que realmente são.Por exemplo: 100 reais parece ser um preço muito mais caro do que 99,99, apesar da diferença ser de apenas 1 centavo.
Mas pesquisas já apontaram que ainda mais efetivo do que usar um 9 no final dos preços é usar o 7.
Por esta razão você está vendo uma enxurrada de produtos sendo vendidos com o final 97 ou 47.
Isso realmente funciona!
Então, se você quiser poderá até mesmo fazer testes A/B com suas ofertas e ver se preços terminando com 7 convertem mais.

Retire o sinal de R$.

Sem os R$ o consumidor acaba gastando mais

 

Retirar o sinal de reais do preço faz as pessoas gastarem mais segundo um estudo publicado pela Universidade Cornell:
A experiência foi feita em um restaurante onde os participantes que receberam o menu com preços sem o sinal da moeda (no caso, o dólar) gastaram muito mais do que aqueles que receberam o menu com os preços mostrando sinal da moeda (e também escritos por extenso).
Então, que tal transformar R$99,00 em 97,00 e testar?

Torne o intangível ficar tangível.

quando se trata de vendas por internet ou catalogo faça o seu produto parecer o mais real possível

 

Use fotos ou ilustrações magníficas dos produtos que você vende para anunciar junto com o preço. Mesmo se você vende algo intangível, use imagens que faça as pessoas “enxergarem” o produto.
Talvez você já tenha comprado algum curso online pela internet e visto alguma imagem contendo caixas, DVDs, monitores, ícones de PDFs entre outros. A pergunta é:
Por que este tipo de imagem é usada se o curso é online?
De fato, quando uma pessoa compra um curso online normalmente ela não recebe uma caixa cheia de DVDs em casa.
Mas mostrar isso tornará o produto tangível (tocável) para ela.
O marketing traz o produto, que está no campo das ideias, para a vida real e confere valor.
Se a pessoa não ver  uma   ilustração com caixas e DVDs ficará mais difícil para ela entender o valor do produto.
A dica é: use imagens incrivelmente lindas para ilustrar suas ofertas.
Traga seu produto para o mundo real e torne-o mais desejável para as pessoas.
Se você trabalha como afiliado e tem dificuldades em vender, recomendo que de uma olhada no curso Venda realizada que ensinará você a vender todos os dias.
Algumas partes desse texto foram tirados do blog do Ramon  tessmann.
espero que tenham gostado do artigo e vem mais por aí.

Deixem seus comentários e o que estão achando dos artigos!